Quando a relação termina e você sente um misto de alívio e tristeza.


Por que mesmo numa relação ruim o término é algo difícil? Por que mesmo sabendo que é o melhor a ser feito, ainda há o questionamento sobre a decisão, se foi certo ou errado?


O término de uma relação está acompanhado de muitas perdas e elas vão muito além da perda do companheiro ou companheira, há a perda dos sonhos, dos projetos em comum, das expectativas, da rotina, do "felizes para sempre" e do "até que a morte os separe".


São tantas emoções e pensamentos presentes que se torna quase impossível tomar qualquer decisão. É vontade de ficar sozinho, sem querer sentir solidão. É desejo de mudança, sem querer que nada mude. É esperança de viver melhor, sem saber como seria isso.


A perda de um relacionamento pode ser vivida e sentida de formas diferentes por cada um, por isso cada pessoa vai viver esse luto no seu tempo e do seu jeito. Alguns passarão bem sozinhos, outros precisarão de amigos, uns escolherão isolar-se, outros sair, uns falar, outros calar-se.


O fato, é que quem passa por um término precisa ter respeitada sua dor e sua forma de viver suas agruras.







Posts em Destaque

  • Facebook
  • Instagram