Término de Relacionamento: como lidar com a perda?

 

 

 

             “Terminei uma relação horrível que só me fazia sofrer, mesmo assim foi muito difícil perdê-lo. Nunca achei que sentiria falta”. 

O fato de planejar ou querer o fim da relação não impede ninguém de sofrer. Por isso, até os relacionamentos “ruins” quando acabam trazem um misto de alívio e sofrimento. Do ponto de vista emocional quando se perde alguém há uma invasão de pensamentos negativos, outras perdas que estavam mal resolvidas e esquecidas voltam à tona e começam a incomodar, sentimentos de medo, angústia, solidão e abandono também se tornam muito presentes nesse momento. 

Nos casos em que o término vem de surpresa o sofrimento pode ser ainda mais intenso. Sem perceber os sinais de insatisfação a pessoa se depara repentinamente com o fim. Sem uma organização prévia vê sua vida tomando novos rumos e precisando se reinventar longe dessa relação. 

Como lidar com a perda? 

A separação envolve mais que a perda da pessoa amada é também a perda dos sonhos, dos planejamentos em comum, das expectativas, da rotina a dois e da ilusão de não estar sozinho. Por isso, torna-se necessário viver este luto. É natural querer fugir, mas lidar com a dor por pior que ela seja prepara a pessoa para sair inteira depois de tudo que sofreu. Chorar essa dor, de forma concreta ou simbólica, expressar a raiva e limpar a culpa fazem parte desse processo de luto. O problema é que na tentativa de aplacar a dor não é esse o caminho que a pessoa consegue fazer. E, em vez de diminuir a energia dedicada ao outro acaba acompanhando-o diariamente nas redes sociais, por exemplo. Esse comportamento aumenta ainda mais os pensamentos sobre o companheiro, tornando quase uma necessidade saber como ele está. 

Outro ponto importante é usar esse momento para enxergar as aprendizagens que a relação possibilitou e aproveitar para se autoconhecer. Afinal, são nesses turbilhões de emoções que se toma consciência de muitos comportamentos e reações que não se imagina que teria. 

            Quem não vive o luto e o processo de separação corre o risco de entrar num outro relacionamento com questões mal digeridas e repetir no presente situações do passado em função das dificuldades da relação anterior.  

Please reload

Posts em Destaque

Profissões: o que escolho? Como me decido? A escolha da profissão em 2 etapas

March 11, 2015

1/2
Please reload

Posts Recentes

02.11.2019

08.09.2018

Please reload

Buscar por Tags

Please reload

Arquivo

Siga no Facebbok

  • Facebook Basic Square

Contato

Fale comigo!

AGENDAMENTO  

 

 Pelo site, pelo Whats, por ligação ou e-mail

41 9 8872-0414

nerisangelica@gmail.com

ONDE ESTOU?

Rua XV de Novembro, 1899

Campo Largo - Centro. 

PAGAMENTOS 

Dinheiro, cheque, transferência bancária. 

Não atendo planos de saúde. 

HORÁRIO

Horário de funcionamento: 

segunda à sexta

ACESSIBILIDADE 

Próximo ao terminal de ônibus 

Clínica com  estacionamento privativo 

  • Preto Ícone Instagram
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon